Mini carrinho

Ortomolecular, Biomolecular e Biofísica

R$4,900.00

REF: ESP-ORTBIOBIO Categoria: Tags: ,

Descrição

EMENTÁRIO INTRODUÇÃO ORTOMOLECULAR, BIOMOLECULAR E BIOFÍSICA

PGO 001 – ALIMENTOS ORGÂNICOS. AGRO-ECOLÓGICOS FONTE DE VIDA
EMENTA: O Que é o Produto Orgânico? Agricultura orgânica: frutas, legumes e verduras; Principais produtos orgânicos produzidos no Brasil; Carne Orgânica e ovos orgânicos; Benefícios e Vantagens.
BIBLIOGRAFIA:
Lima, Elinete Eliete de and Sousa, Anete Araújo de Alimentos orgânicos na produção de refeições escolares: limites e possibilidades em uma escola pública em Florianópolis. Rev. Nutr., Abr 2011.
Melo, Jair Martins Maria Cavalcante et al. Aspectos microbiológicos e informação nutricional de molho de tomate orgânico oriundo da agricultura familiar. Braz. J. Food Technol., Maio 2012.

PGO 002 – OLIGOTERAPIA, PEQUENAS DOSES GRANDES EFEITOS
EMENTA: O que é Oligoterapia? Oligoelementos essências; Principais oligoelementos; Diátese; O tratamento com oligoterapia; Contraindicações.
BIBLIOGRAFIA:
BERNARDES, Heloisa L.: Equilíbrio através da pele: com terapia ortomolecular e oligoelementos. São Paulo: Tecnopress, 1997
LOCKITCH, Gillian et col Selenium: Clinical Significance and Analytical Concepts Crit Rev. Clin Lab Sci 1989.
ROBBINS & COTRAN: Patologia Bases Patológicas das Doenças. Editora Elsevier. Rio de Janeiro, 2002 7a edição
SILVA, Alda Selenium Metallicum: A review of its pathophysiology and homoeopathic uses Br Homoepath 1996 (85) 163-173
WINROW, V R, WINYARD, P G; MORRIS, C J &BLAKE, D R: Free radicals in inflammation: second messengers and mediators of tissue destruction. British Medical Bulletin 1993.

PGO 003 – BIOCÁTALISE
EMENTA: Vantagens e desvantagens da utilização de biocatalizadores; Propriedades e nomenclaturas de enzimas; Reação de hidrólises e esterificação; Reações de oxidação e redução; Reações da formação da ligação carbono-carbono; Reações de adição e eliminação; Imobilização de enzimas e microorganismos; Enzimas modificadas e enzimas artificiais.
BIBLIOGRAFIA:
MADEIRA, Luciana S.; BORSCHIVER, Suzana; PEREIRA JUNIOR, Nei.Identificação de Biofármacos para Produção no Brasil. Escola de Química (Universidade Federal do Rio de Janeiro). 2012.
PUCCA, Manuela Berto et al. Therapeutic monoclonal antibodies: scFv patents as a marker of a new class of potential biopharmaceuticals. Brazilian Journal Of Pharmaceutical Sciences, São Paulo, v. 47, n. 1, p.31-39, 2011.

PGO 004 – DEFINIÇÃO DE OLIGOELEMENTOS
EMENTA: Definição dos Oligoelementos e suas funções; Oligoelementos no metabolismo; Aplicação dos oligoelementos na Estética.
BIBLIOGRAFIA:
CHAMPE, P.C.; HARVEY, R.A.; FERRIER, D.R. Bioquímica ilustrada. 4ª ed. Porto Alegre: Editora Artmed. 2009.528p.
VIOLA, E.S. Deficiências de microelementos: enfoque metabólico e nutricional. 2010.

PGO 005 – A IMPORTÂNCIA DE ORTOMOLECULAR E BIOMOLECULAR
EMENTA: O que é Medicina Ortomolecular; Dieta Ortomolecular; Origem do medicamento ortomolecular; História.
BIBLIOGRAFIA:
Polyp Prevention Study Group – A clinical trial of antioxidant vitamins to prevent colorectal adenoma. N Engl J Med 1994.
Hennekens CH, Buring JE, Manson JE et al – Lack of effect of long term supplementation with beta corotene on the incidence of malignant neoplasms and cardiovascular diseases. N Engl J Med 1996.
McCarty MF – Toward a “bio-energy supplement” – a prototype for functional orthomolecular supplementation. Med Hypotheses 1981.

PGO 006 – FENÔMENOS BIOLÓGICOS
EMENTA: Conceito dos Fenômenos Biológicos; Transdutores Resistivos; Termistores; Resistências termômetro (RTD); A respiração celular, a reprodução , a comunicação entre as células, a digestão , o crescimento de pêlos, a morte celular, os processos de divisão celular (mitose e meiose), o processo de fagocitose, o envelhecimento dos tecidos, o desenvolvimento
embrionário.
BIBLIOGRAFIA:
FRACALANZA, D. C. Crise ambiental e ensino de Ecologia: o confl ito na relação homem e mundo natural. 1992.
WEISSMANN, H. Didática das ciências naturais: contribuições e refl exões. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

PGO 007 – AS DIÁTESES, OS MAPAS DIATÉSICOS
EMENTA: DIÁTESE I ou artrítico alérgica – Hiperreativo; DIÁTESE II ou artro infecciosa – Hipostênico; DIÁTESE III ou distônica – Neurodistônica; DIÁTESE IV ou anérgica – Anérgica; os Mapas Diatésicos.
BIBLIOGRAFIA:
Ashley JM, Herzog H, Clodfelter S, Bovee V, Schrage J, Pritsos C. Nutrient adequacy during weight loss interventions: a randomized study in women comparing the dietary intake in a meal replacement group with a traditional food group. Nutr J. 2007.
SOLTO, Silvana; BUCHER, Julia. Práticas indiscriminadas de dietas de emagrecimento e o desenvolvimento de transtornos alimentares. Revista de nutrição. Campinas, Vol 19 n 6, nov/dez 2006.

PGO 008 – TROFOTERAPIA
EMENTA: O que é Trofoterapia? A Medicina Hipocrática; As cinco grandes regras da alimentação; Desintoxicação orgânica; Medicina nutricional para a prevenção e cura das enfermidades; Monodietas – uma verdadeira dietoterapia.
BIBLIOGRAFIA:
Barros NF, Nunes ED. Medicina Alternativa e Complementar no Brasil: um conceito e diferentes significados. Cad Saúde Pública 2006.
Costa RBL, Sichieri R, Pontes NS, Monteiro CA. Disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil: distribuição e evolução (1974-2003). Rev Saúde Pública 2005; 39(4):530 – 40.
Burity V, Franceschini T,Valente F, Recine E, Leão M, Carvalho MF. Direito humano à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar e nutricional [online]. Brasília, DF: ABRANDH; 2010.

PGO 009 – NOÇÕES DE MACROBIÓTICA
EMENTA: Histórico; Princípios; As formas da alimentação macrobiótica; Equilíbrio entre alimentos yin os yang.
BIBLIOGRAFIA:
Smith H. Breve histórico da macrobiótica. In: Smith H. Macrobiótica Zen para o Brasil. 1a ed. São Paulo: Hagaesse; 1994.
Nyoiti S. As dez maneiras de nos alimentarmos convenientemente. Nyoiti S. In: Macrobiótica Zen. A Arte da longevidade e do Rejuvenescimento. 9a ed. Porto Alegre: Associação Macrobiótica de Porto Alegre; 1989.
Kushi M. A forma padrão da alimentação macrobiótica. In: Kushi M. A cura natural pela macrobiótica. 2a ed. São Paulo: Ground; 1987.

PGO 0010 – AS DEZ MANEIRAS DE ALIMENTAR COM AS ETAPAS BIOLÓGICAS E ALIMENTAÇÃO YIN E YANG
EMENTA: Dieta do Yin e Yang; Características Yin; Características Yang; Primeiros Passos na Dieta Yin e Yang.
BIBLIOGRAFIA:
Alimentação macrobiótica. Cadernos Macro nº5. Lisboa: UME, Um Mundo Ético Edições, Lda., 2005.
WILSON, Kathy- Biotechnology and genetic engineering. Nova Iorque: Facts on File, 2010.

PGO 011 – RADICAIS LIVRES E OXIGÊNIO ATIVO
EMENTA: Geração de radicais livres de oxigênio; Radical hidroxila; Radical superóxido; Peróxido de hidrogênio; Fontes biológicas de radicais livres; Sistemas de defesa contra a agressão oxidativa.
BIBLIOGRAFIA:
Guterridge MC, Halliwell B. Oxygen toxicity, oxygen radicals, transitions metals and disease. Biochem J. 1984.
Fridovich I. The biology of oxygen radicals. Science. 1978.
Andrade Júnior, DR. Estudo de hepatócitos de rato em cultura primária submetidos à hipóxia e reoxigenação: ação dos citoprotetores prostaglandina E1, superóxido dismutase, verapamil, alopurinol, clorpromazina e efeito citotóxico da actinomicina D [tese]. São Paulo: Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo; 1996.

PGO 012 – SANGUE FENÓTICO OU SANGUE ACIDIFICADO
EMENTA: Ação gênica: do genótipo ao fenótipo; Origem e componentes do sangue.
BIBLIOGRAFIA:
Borges-Osório, M.R. e Robinson, W.M. Genética Humana. 2 Ed. 2001, Artmed.
Yamamoto F, Clausen H, White T, Marken J, Hakomori S. Molecular genetic basis of the histo-blood group ABO system. Nature 1990.

PGO 013 – SIMPÁTICOS / PARASSIMPÁTICOS
EMENTA: O sistema nervoso simpático; As fibras nervosas do sistema nervoso autônomo; O sistema nervoso parassimpático; As fibras pré-ganglionares.
BIBLIOGRAFIA:
DÂNGELO, J. G. & FATTINI, ANATOMIA HUMANA SISTÊMICA E SEGMENTAR. Rio de Janeiro: Livraria Atheneu, 2a. ed, 1988.
SOBOTTA, J; BECKER. Sobotta – ATLAS DE ANATOMIA HUMANA. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 21ª Ed., 2000.

PGO 014 – REPOSIÇÃO HORMONAL – O BEM QUE VEM DO INHAME
EMENTA: Terapia com estrogênios; Terapia com estrogênio e progesterona; Quando está Contraindicada; Como fazer uma Reposição Hormonal Natural; Os benefícios do Inhame.
BIBLIOGRAFIA:
NEVES, J. M. et. al. Reposição hormonal no climatério: avaliação de uma questão polêmica. J Bras Ginecol, Rio de Janeiro, n. 104, p. 121-128, 1994.
JOHNSON, S. R. Menopause and hormone replacement therapy. Med Clin N Am, [S.l.], v. 82, p. 297-320, 1998.
LUBIANCA, J. N. Terapia de reposição hormonal. In: BRASIL. Ministério da Saúde. ANVISA. ENSP/FIOCRUZ. Fundamentos Farmacológico-clínicos dos Medicamentos de Uso Corrente. Rio de Janeiro: ENSP/FIOCRUZ; 2002.

PGO 015 – O SISTEMA ENDÓCRINO / HORMÔNIOS
EMENTA: Glândulas; Hormônios; Pituitária glândula endócrina como (hipófise); A glândula tireóide; Paratireóide Glândulas; O pâncreas como glândula secretora; Glândulas adrenais; As gónadas
BIBLIOGRAFIA:
Ganong W. Fisiologia Médica, O Manual Modern, 14ª edição, 1996.
Cordova. Compendium of Physiology de Ciências da Saúde. McGraw-Hill-Interamericana de 1994.

PGO 016 – TUDO O QUE O SANGUE REVELA
EMENTA: Composição do sangue: plasma, hemácias, leucócitos e plaquetas; Tudo o que dá para descobrir através dos exames de sangue.
BIBLIOGRAFIA:
Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2008.
McVittie C, Harris L, Tiliopoulos N. “I intend to donate but …”: non-donors’ views of blood donation in the UK. Psychol Health Med. 2006.
Nilsson Sojka B, Sojka P. The blood-donation experience: perceived physical, psychological and social impact of blood donation on the donor. Vox Sang. 2003.

PGO 017 – TERMOGÊNESE
EMENTA: O que é Termogênese? Alimentos termogênicos; Uso de alimentos termogênicos no tratamento da obesidade.
BIBLIOGRAFIA:
Bianco, Antonio C. Hormônios tireóideos, UCPs e termogênese. Arq Bras Endocrinol Metab, Ago 2000.
Velloso, Lício A. O controle hipotalâmico da fome e da termogênese: implicações no desenvolvimento da obesidade. Arq Bras Endocrinol Metab, Abr 2006.

PGO 018 – CRONOBIOLOGIA – O RITMO DO CORPO
EMENTA: Conceito de Cronobiologia ; A cronobiologia no ser humano; O cérebro e a hora ao nosso corpo.
BIBLIOGRAFIA:
ARAÚJO, J. F.; MARQUES, N. Cronobiologia: uma multidisciplinaridade necessária. Margem, São Paulo, n.15, p. 95-112, 2002.

PGO 019 – EVOLUÇÕES TERAPÊUTICAS
EMENTA: Teoria da evolução, Genética de populações, Genética quantitativa e Genética Evolutiva.
BIBLIOGRAFIA:
FUTUYAMA, D.J. Evolution. Stamford: Sinauer Associates, 2005.
RIDLEY, M. Evolução. 3.ed. Porto Alegre: ArtMed, 2006.

PGO 020 – MODO DE ADMINISTRAÇÃO DOS OLIGOELEMENTOS
EMENTA: – Necessidades de oligoelementos; Funções dos oligoelementos; Oligoelementos e Reprodução; Oligoelementos na Gestação, parto e pós parto; Oligoelementos com maior importância na reprodução.
BIBLIOGRAFIA:
McDowell, L.R. 1992. Minerals in animal and human nutrition. San Diego. Academic Press, 524.
Andrade, M. 2009. Efeito da administração de oligoelementos. Validação do método NIR (Near Infrared Reflectance Spectroscopy) para a análise de forragens. 2009.

PGO 021 – ESTUDOS DAS VITAMINAS SINTÉTICAS E NOS ALIMENTOS INTEGRAIS, NATURAIS, AGRO-ECOLÓGICOS E ORGÂNICOS
EMENTA: Diferença entre Vitaminas sintéticas e naturais; Benefícios dos alimentos integrais, naturais, agro-ecológicos e orgânicos; Regulamentação dos produtos no Brasil.
BIBLIOGRAFIA:
ALMEIDA, D. Agricultura Urbana e Segurança Alimentar em Belo Horizonte: cultivando uma cidade sustentável. Agriculturas – Experiências em Agroecologia. Rio de Janeiro, v. 1, n. 0, p. 25-28, 2004.
DANSO, G.; DRECHSEI, P.; FLAIOR, S. C. Percepciones sobre Agricultura Orgánica de Horticultores y Consumidores Urbanos en Ghana. Revista Agricultura Urbana, Quito, n. 6, p. 19-20, 2002.

PGO 022 – A DIETA DO TIPO DE SANGUE (A, AB, O, B)
EMENTA: Alimentos Positivos, Neutros e Negativos; O que cada grupo sanguíneo pode comer.
BIBLIOGRAFIA:
SOLTO, Silvana; BUCHER, Julia. Práticas indiscriminadas de dietas de emagrecimento e o desenvolvimento de transtornos alimentares. Revista de nutrição. Campinas, Vol 19 n 6, nov/dez 2006.
VASCONCELLOS, Ana; RECINE, Elisabetta; CARVALHO, Maria. Guia Alimentar para População Brasileira. Edição especial. Brasília: Editora MS, 2005.

PGO 023 – AÇÕES ESPECÍFICAS E INDICAÇÕES DOS OLIGOELEMENTOS BIOFACTORES E FITORMÔNIOS
EMENTA: Os hormônios vegetais: Auxinas, Etileno, Citocianinas, Giberelinas, Ácido abscísico; Ações dos Oligoelementos.
BIBLIOGRAFIA:
RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. “Hormônios Vegetais”; Brasil Escola. 2017.

PGO 024 – A ORTOMOLECULAR E BIOMOLECULAR NA ESTÉTICA
EMENTA: Estudo dos procedimentos estéticos e terapêuticos do segmento corporal, bem como de suas patologias; Exemplo de protocolo com ênfase ortomolecular; Estudo dos procedimentos estéticos e terapêuticos do segmento facial, bem como de suas patologias; Avaliação Estética e Terapêutica; Elaboração de avaliações; Propostas de tratamentos; Estudos de casos.
BIBLIOGRAFIA:
Zaché J. Quero ser jovem: um anestésico e suplementos que incluem de vitaminas a aminoácidos tornam-se mania entre os que desejam adiar o envelhecimento. Isto É Independente. 2003
Rang HP, Dale MM, Ritter JM, Gardner P. Pharmacology. 4th. ed. Philadelphia: Churchill Livingstone; 2001.

PGO 024 – CARBOIDRATOS – O SEGREDO DO CONHECIMENTO DE EMAGRECER
EMENTA: O que são carboidratos?; A Dieta do Carboidrato; Proposta da dieta.
BIBLIOGRAFIA:
Ashley JM, Herzog H, Clodfelter S, Bovee V, Schrage J, Pritsos C. Nutrient adequacy during weight loss interventions: a randomized study in women comparing the dietary intake in a meal replacement group with a traditional food group. Nutr J. 2007.
Kawashima H, Takase H, Yasunaga K, Wakaki Y, Katsuragi Y, Mori K, et al. One-year ad libitum consumption of diacylglycerol oil as part of a regular diet results in modest weight loss in comparison with consumption of a triacylglycerol control oil in overweight Japanese subjects. J Am Diet Assoc. 2008.

PGO 025 – O SEGREDO DA LONGEVIDADE NA ORTOMOLECULAR E BIOMOLECULAR
EMENTA: As características da Ortomolecular e Biomolecular para uma vida mais longa.
BIBLIOGRAFIA:
MacFarlane MD, Besbris H. Procaine (Gerovital H3) Therapy: Mechanism of inhibition of monoamine oxidase. J Am Geriatr Soc. 1974.
Zaché J. Quero ser jovem: um anestésico e suplementos que incluem de vitaminas a aminoácidos tornam-se mania entre os que desejam adiar o envelhecimento. Isto É Independente. 2003.

PGO 026 – A ACNE E OS OLIGOELEMENTOS, OS BIOFACTORES E FITORMÔNIOS
EMENTA: Oligoelementos e suas aplicações em Dermatologia; Oligoterapia na reposição de minerais.
BIBLIOGRAFIA:
Pérez Armas, Rubén and Calaña Ramírez, Alberto Acne polimorfo: tratamiento con Implacen. Rev Cubana Med Gen Integr, Jun 1995.
Monteiro EO. Tratamento de cicatrizes de acne e ácido hialurônico de alta viscosidade. RBM Edição Especial Dermatologia & Cosniatria, 2010.

PGO 027 – MORFOLOGIAS AUTO-IMUNES (ALERGIAS E OUTROS)
EMENTA: Definição; Hipersensibilidade imunológica; Principais agentes alérgicos (alergenos); A sintomatologia; Tipos de reacção alérgica; Doenças auto-imunes; Definição; Tipos de doenças auto-imunes.
BIBLIOGRAFIA:
Duan B, Morel L. Role of B-1a cells in autoimmunity. Autoimmun Rev 2006.
Mesquita Jr. D, Cruvinel WM, Câmara NOS, Kállas EG, Andrade LEC. Autoimmune diseases in the TH17 era. Braz J Med Biol Res 2009.

PGO 028 – NORMAS TÉCNICAS E SETORIAIS VOLUNTÁRIAS DA TERAPIA HOLÍSTICA
EMENTA: Conceitos sobre Terapia Holística; Administração e Organização, Vida Financeira e Espiritualidade; Organização e Planejamento do Profissional; Compreensão do que é espírito; Hierarquia Espiritual; Estudo sobre os reinos inferiores e obsessões; Astrologia: a missão oculta de cada signo solar; Ascensão do Ser Humano.
BIBLIOGRAFIA:
Gauer, G.; Souza, M. L.; Dal Molin, F. & Gomes, W. B. (1997). Terapias alternativas: uma questão contemporânea em psicologia. Psicologia, Ciência e Profissão, 17(2),21-32.
Vieira Filho, H. (2004). Tutorial de Terapia Holística (Módulo I). São Paulo: SINTE/Sindicato dos Terapeutas.

PGO 029 – TCC – TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
EMENTA: Elaboração de proposta de trabalho científico e/ou tecnológico, envolvendo temas abrangidos pelo curso.
BIBLIOGRAFIA:
BOAVENTURA, Edivaldo M.. Metodologia da pesquisa: monografia, dissertação, tese. São Paulo: Atlas, 2004. 160p.
KÖCHE, José C. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. 23. ed. Petrópolis: Vozes, 2006. 182 p.
MAGALHÃES, Gildo. Introdução à metodologia da pesquisa: caminhos da ciência e tecnologia. São Paulo: Ática, 2005. 263 p. SEVERINO, Antônio J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007. 304 p.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ortomolecular, Biomolecular e Biofísica”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *